terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Porque eu...

fazia do amor um cálculo matemático errado:
pensava que, somando as compreensões, eu
amava. Não sabia que, somando as
imcompreensões é que se ama
verdadeiramente.

(Clarice Lispector).

4 comentários:

Vera disse...

Ana
Que blog ma-ra-vi-lho-so!
Apaixonei, amiga...
Já seguindo, Feed assinadíssimo!
Beijosss

Sonia Schmorantz disse...

Matemática do coração, onde nem tudo é exato, e quanto mais se divide também mais se tem...
beijos

Multiolhares disse...

Assim é quando damos sem esperar receber é aí que reside o verdadeiro amor
beijos

CARLA FABIANE... disse...

Ana...
Que este Natal seja de muita saúde, paz, prosperidade e amor para todos nós!!!
beijo...
Felizzzzzzzzzzzzzz Natal!!!