terça-feira, 24 de novembro de 2009

As paixões...

humanas, como as formas da natureza, são eternas.


(Léon Bourgeis).

9 comentários:

Adolfo Payés disse...

Hermoso poema..

Un beso

Un abrazo
Saludos fraternos..

Que tenga un hermoso día.

Me permita disse...

"E o amor, também acaba?
Se acaba, não sei.
Só sei que se transforma em matéria prima
que a vida se encarrega em transformar
em rima".

Um bjo, minha querida!

Isa disse...

Ñ sei...mas tem muito de verdade!
Beijo.
isa.

Layara disse...

...paixões são ciclos da vida, igual a natureza em ciclos e fases.

beijo de Luz!

Vivian disse...

...que verdade linda!

bj, querida!

Kelly disse...

Deixei presentinhos para você no meu blog. bjs

Sonia Schmorantz disse...

As paixões podem mudar de endereço mas precisam existir sempre para dar este colorido especial à vida!
beijos

Nanda Assis disse...

muito bonito este verso.

bjosss...

Sandra disse...

as paixões, são somentes paixões. O amor verdadeiro este sempre fica. Nunca se vai. Nem se esvazia.
Um grande abraço minha linda maninha.
Sandra