domingo, 15 de fevereiro de 2009

Reações.

De todas as reações ao insulto,
a mais hábil e que requer menos
esforço é o silêncio.


(Santiago Ramoni Caja)

13 comentários:

Fenix disse...

É uma grande verdade!
Abraço

Café da Madrugada® Lipp & Van. disse...

Sim, o silêncio é a melhor das armas;
pois deixa a quem insultou..incrivelmente inconformado!

Taís disse...

Mas como é dificil...

Isa disse...

Cheguei há pouco e vim logo aqui.
Minha querida,concordo com esse post.Nada mais irrita,aborrece quem
insulta do q.o silêncio,o"deixá-los
q. não interessam".
Essa postura é difícil,mas resulta.
Bom domingo.
Beijoo.
isa.

FERNANDA-ASTROFLAX disse...

OLÁ QUERIDA ANA, GOSTEI MUITO DO TEU PENSAMENTO... ADOREI AMIGA!!!
BEIJINHOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

A cor da Imaginação disse...

Concerteza!!!

Angela Guedes disse...

Verdade!!!
Abraço.
Angela

Rolando disse...

O silêncio é sempre aquilo que a gente quiser....

O problema é que, por vezes, é também aquilo que não queremos...

Fica bem.

Sonia Schmorantz disse...

Há no silêncio uma força tamanha, que consegue vencer todos os discursos e impropérios...porque palavra guardada é nossa escrava, palavra dita é nossa dona..
beijos

Tatiana disse...

A maior riqueza do silêncio é ouvirmos o nosso coração com mais clareza!
Uma nova semana inicia... E com ela a oportunidade de novas realizações.
Desejo uma semana repleta em dádivas para você!

Um beijo carinhoso para você Ana!

paula barros disse...

Sábio quem consegue manter silêncio diante das provocações, dos insultos.

Para muitos não é tão fácil.

bjs

Dois Rios disse...

Ana, minha linda amiga,

Não consigo mais entrar no Pelos Caminhos da Vida. Pensei que fosse problema do meu navegador (Mozilla) mas tentei também no Ópera e no IE e a única coisa que aparece são os selinhos.

Bom, dessa forma, vim te ver no Além do Horiante que é tão lindo quanto e até faz mais o meu gênero.

Bela citação de Santiago Caja. De fato o silêncio é uma arma poderosa.

Beijos,

Inês

Flavio Ferrari disse...

E é também a mais eficiente.